PAVLA LIDMILOVÁ

O ENCONTRO EM HOMENAGEM A PAVLA LIDMILOVÁ

7 / 3 | 19h | CLP

O Instituto Camões em Praga e a Sociedade Checa de Língua Portuguesa organizam o evento comemorativo da vida e obra da tradutora checa Pavla Lidmilová, falecida no final de janeiro deste ano, que terá lugar nas instalações da CLP, no dia 7 de Março, pelas 19 horas.

Neste âmbito, colegas e amigos irão prestar-lhe homenagem, ao partilhar curiosidades e episódios da vida da tradutora, com os restantes convidados. Além disso, os convidados poderão ouvir os textos escritos por Pavla Lidmilová que nunca tinham sido publicados.

Para além do decorrer da exposição Autopsicografia / Desassossego da imagem e da palavra, que apresenta a obra de Fernando Pessoa traduzida em checo por Pavla Lidmilová, o programa do evento contará também com a apresentação do trabalho admirável da tradutora.

Em checo.

Pavla Lidmilová (1932-2019) formou-se em filologia checa e espanhola na Faculdade de
Letras da Universidade Carolina em Praga. Em 1959 começou a trabalhar na Radiodifusão
Checoslovaca onde entrou em contato com o português. Entre 1969 e 1992 trabalhou no
Gabinete da Filologia Moderna e no Instituto de Literatura Checa e Universal, da Academia de
Ciências Checoslovaca onde se dedicou ao estudo das literaturas de língua portuguesa.
Foi distinguida pelo seu trabalho por diversas ocasiões: em 2005 recebeu, das mãos do
ministro da Cultura da República Checa, o Prémio Estatal de Tradução Literária por uma
antologia de poemas de Eugénio de Andrade. Em Portugal, recebeu a Ordem do Infante Dom
Henrique, grau de comendador, e no Brasil, a Ordem de Rio-Branco, grau de cavaleiro.
Desde o início da sua atividade como tradutora e intérprete das literaturas lusófonas, Pavla
Lidmilová, com uma sensibilidade fora de comum, introduziu ao público checo as obras-chave,
muitas vezes em antecipação a outros países. Publicou, já em 1968, uma antologia de poesia de
Fernando Pessoa (junto com Josef Hiršal), assim como iniciou a tradução de contos de Murilo
Rubião, ainda antes do seu reconhecimento no Brasil.
Além desses autores, Pavla Lidmilová traduziu obras de João Guimarães Rosa, Clarice
Lispector, José Cardoso Pires, Luís de Camões, Érico Veríssimo, José Luandino Vieira, Graciliano
Ramos, Lygia Fagundes Telles, Mário de Sá-Carneiro, Darcy Ribeiro, Nuno Júdice, Rubem
Fonseca, Eduardo Lourenço, Moacyr Scliar, Eugénio de Andrade ou Sérgio SantʼAnna.

Anúncios